ACESSIBILIDADE

Estação Ferroviária Chavantes

Video "O lugar onde vivo" dos alunos Dyennifer Pedroso, Juliane Gallati, Luiz Guilherme Alves, Tamires Gaino e Tamires Rosa do 2º A em 2010, profª Adriana da ETEC Prof. Pedro L. Brisolla Sobrinho de Ipaussu 

ESTAÇÃO ABRIL 2007 001 

Estação Ferroviária Chavantes da Estrada de Ferro Sorocabana

                                     inaugurada em 1909 nas terras de Santa Cruz do Rio Pardo, há poucos quilometros da Vila Santana da Cachoeira, que em 22.10.1909 se tornou Distrito do Irapé. ESTAÇÃOOO (1)66

A implantação da ferrovia deu impulso ao desenvolvimento urbano local, implicando a transferência em 1917 da sede do distrito para o povoado que se formou ao redor da Estação, recebendo o mesmo nome, que segundo consta em livro da Estrada de Ferro Sorocabana, tem origem na tribo Chavante, com a grafia antiga (CH). Existe a hipótese do nome da  Estação Ferroviária vir de uma chave ferroviária. 

A Estação Ferroviária Chavantes facilitou o escoamento da produção de alfafa e café, inclusive do norte do Paraná e se tornou um marco importante para o crescimento do Distrito que em 04.12.1922 se tornou Município de Chavantes06 alfafa sendo transportada na estação chavantes

A Estação Ferroviária Chavantes foi reconstruída em 1927 em alvenaria com influência neocolonial.estaÇÃo_de_chavantes_cópiaESTAÇÃO 1950

Após o nome do Município constar com X na Lei Estadual nº 8092 de 1964, o nome foi alterado nas placas da Estação Ferroviária até 1982 quando a grafia original com CH foi restabelecida.

    estação placa            jon

Com a desativação da Estação Ferroviária, o Museu Histórico de Chavantes Adibe Abdo do Rio ocupou o prédio a partir de 2005. jpg cartaz museu adibe abdo cópia

Em 2016 o Conjunto da Estação Ferroviária Chavantes, com a Estação Ferroviária, Praça de Acesso, Vila Ferroviária, Caixa d’Água e Armazéns de Carga foi tombado como bem cultural de interesse histórico, arquitetônico, artístico, turístico, paisagístico e ambiental pelo Governo do Estado de São Paulo através do CONDEPHAAT.                              

 Fonte: Museu Histórico de Chavantes Adibe Abdo do Rio

Video feito pelos alunos Dyennifer Pedroso, Juliane Gallati, Luiz Guilherme Alves, Tamires Gaino e Tamires Rosa do 2º A em 2010 da ETEC Prof. Pedro Leme Brisolla Sobrinho de Ipaussu - "O Lugar Onde Vivo - Chavantes Atual"- Projeto Prof. Adriana